Comentários no Blog

Procure um conto que você mais se identificou e deixe nele um comentário falando o que quiser e fazendo o seu classificado ou propaganda para conseguir contatos.

Se preferir enviar um conto, remeta para maridodaisabela@gmail.com

sábado, 1 de novembro de 2008

Queria ser corno, foi, e se arrependeu

By: Juliana


e esse conto aconteceu a cerca d um ano, exatamente 1 semana antes do meu casamento, meu nome é Juliana tenho 24 anos, sou loira, 1m60, 56k tenho uma bunda grande, peitos tb enormes, sou casada com augusto 26(moreno, forte, 1m80 uns 80k), estamos juntos desde os meus 15 anos, aos 18 perdi a virgindade com ele e quando eu tinha 21 anos ele me confessou q tinha a fantasia sexual de me vez com outro, a principio eu achei loucura pura, achei q fosse uma especia d teste, mais com o passar do tempo eu percebi q realmente era verdade, pois c eu falava algo do tipo ele enlouquecia d tesão, mt apaixonados nós noivamos, porém nós viajavamos muito e a uma semana do nosso casamento ele marcou uma viajem d 3 dias(sexta,sabado e domingo) para um clube no interior onde ele era muito conhecido, e fomos eu, ele e uma prima minha. logo na sexta quando chegamos nós brigamos, pois ele num queria q minha prima fosse, queria q fossem apenas eu e ele, só q ela num sabia q ele num queria q ela fosse, e eu havia chamado ela sem consultar ele, logo após a descursão ele saiu e foi jogar futebol, e eu e ela tb fomos e ficamos assistindo, e agente nakele clima chato, ele nem olhava pra mim, e nisso eu reparei q um rapaz d uns 20 anos(loiro, fortinho, 1m70, e bem chamativo) q estava do meu lado me olhava muito, sorria, ele puxou assunto, c apresentou disso q c chamava Bruno e q ja conhecia o augusto a mt tempo, só q eu cortava ele toda hora, fiquei esperando acabar o jogo e quando acabou, meu noivo saiu e nem olhou pra mim, foi andando pro nosso quarto, minha prima ficou horrorizada e eu falei pra ela e eu e ele haviamos brigado, foi assim durante todo o resto do dia e durante o sabado d manha, nesse dia dormimos sem falar nada, foi quando no sabado d manha minha prima reparou q o bruno continuava me olhando com olhar d desejo, eu ja muito irritada com o fato do meu noivo me tratar mal na frente d todo mundo e todos perceberem, comecei a me imaginar com o bruno, e ao msm tempo q eu ficava assustada com o fato d nunca ter estado com outro homem, eu ficava com mt tesão, mais deixei pra la, sem nem comentar nada com a minha prima, durante a tarde eu e minha prima estavamos vendo tv no salão, quando ela sentiu vontade d ir ao banheiro, ao voltar ela me contou q havia visto o Augusto conversando com uma mulher e cheio d charme, e ao saber eu mt irritada fui na direção do nosso quarto ja decidida a ir embora dali, pois nosso casamento estava chegando e num queria q c estragase por conta d uma briga boba, cheguei no quarto e ñ o encontrei, voltei e no corredor eu dei d cara com o Bruno, e eu perguntei a ele c ele havia visto o Augusto, ele respondeu q havia visto ele indo ao Lago(no clube tinha um lago em uma mini-fazenda abandonada afastada uns 900m do clube) ao saber disso fui para o lago, sem saber q era uma armadilha do rapaz, fiquei mt assustada pois o caminho para o lago era cergado d arvores, mato alto e passava no meio d alguns morros, num dava para ver e nem ouvir nada do clube, ao chegar la num havia ninguem na margem do lago, porem eu havia visto a mini-fazenda abandonada e comecei a pensar milhoes d coisas do Augusto com a tal mulher, fui me dirigindo para a casa, e ao olhar pra traz vi o Bruno, gelei mais tava mais preocupada com o meu noivo, o Bruno chegou em mim e começou a conversar comigo, me cantar dizer q o Augusto era um babaca d me tratar mal na frente d todos, eu expliquei q haviamos brigado, chegamos na casa da mini-fazenda e num havia ninguem nela então saimos e ficamos na varanda em frente a casa onde havia um banco, ele ficou me dizendo q havia visto o augusto com akela mulher em outras vezes recentes no clube, e eu num acreditei, mais eu tava com raiva do meu noivo por ele ter me tratado mt mal e louca d tesão pelo bruno, então lembrei da fantasia q ele tinha d me ver com outro, nisso eu liguei o fodase e comecei a dar mole pro Bruno, nisso o bruno falou q eu estava mt gostosa(tava d shortinho jeans todo infiado na bunda e com uma blusinha) iria me agarrar e eu falei q ele num teria coragem, instanteneamente ele me agarrou e começou a me bjar, eu retribui o bjo segurando ele firme, sem nem pensar no q estava fazendo, quando eu ouvi meu nome, tomei um susto, parei e olhei, era minha prima, q riu e falou pra mim nossa pode continuar ai, nisso eu pedi a ela q encontrase o augusto e o distraise até eu voltar, e ela voltou pro clube, nisso o bruno virou pra mim e falou tu é muito piranha, e eu respondi vc ainda num viu nada, ele me deu uma pegada, me levantou pela bunda e me levou pra parte d traz da mini-fazenda onde havia um estabulo, ele me botou sentada em uma tabua e botou meus peitos pra fora começando a chupar em seguida, tirei a blusa dele, ele era bem forte e isso me deixou louca d tesão, eu ajolhei na tabua e a puxei a calsa dele para baixo, ele tinha um pau enorme do tamanho do meu noivo só q mais grosso, botei a mão e comecei a apertar botar tudo na boca, fiz um delicioso bkt para ele, ele me deitou na tabua e tirou meu shortinho e minha calcinha, deitou se na tabua e me puxou d cabeça pra baixo pra cima dele, nós fizemos um delicioso 69, ele só me dizia o quanto eu era gostosa e eu falava pra ele acabar comigo, levantei e falei q num aguentava mais mandei ele infiar akela rola gostosa em mim, ele o fez me botando brutamente d 4 e infiando d uma só vez, agarrou meus cabelos e dava tampas mt fortes na minha bunda gritando geme sua piranha, geme algo pra c tiver alguem no lago a pessoa escutar, e eu gemia alto e igual a uma puta, ele tirou me virou d frente pra ele e me puxou pro colo dele, eu comecei a cavalgar loucamente, e ele me chupava, me xingava, me perguntava com quem eu prefiria trepara com ele ou come meu noivo eu dizia com ele, ai ele me perguntou me conta um segredo do corno do teu noivo, e eu na hora do tesão soltei, ele gosta d ser corno, e ele falou como é q é? jura, eu falei sim, ai ele perguntou se eu ja havia chifrado ele, e eu falei q não, q era a primeira vez, perguntou se iria acontecer d novo com agente, e eu falei q sim, e em seguida me perguntou c eu gostava d viver perigosamente, falei q ja estava vivendo perigosamente, então ele me pegou no colo, viu c tinha alguem ali perto, então ele saiu comigo d dentro da casa e entramos no lago, ele me apoiou na borda do lago e começou a meter em mim mt forte, e a dar tapas na minha cara, eu mandando ele gozar em mim e ele perguntou posso gozar, eu falei pode, ele perguntou onde vc quer, eu botei a lingua pra fora, na msm hora ele tirou e gozou na minha boka, cara, nos peitos, eu ja havia gozado umas 3 vezes, levante, sai do lago e entrei correndo pra dentro da casa, e começou a dar arrependimento do q eu havia feito, o bruno começou a conversar comigo me bejando falando q num tinha sido nada d+, me acalmando, ja mais calma eu comecei a botar a roupa o bruno então pegou minha calcinha e falou q ia ficar pra ele d lembrança eu pedi ela ele falou q d jeito nenhum me daria, então eu botei a roupa msm assim, e voltei pro clube, ele ainda ficou la mais um tempo para num dar pista, mais antes d sair ele me confesou q a mulher q havia falado com o augusto era amiga dele e o meu marido nem a conhecia o bruno tinha só pedido pra ela puxar assunto com ele como se ela fosse da administração e levar ele pra recepção e o prender la para q o bruno pudese chegar em mim, e q ele pranejou tudo pra me deixar com ciumes e iria me comer dentro do meu quarto, mais os planos fluiram d outra forma bem mais gostosa, quando eu cheguei d volta no clube minha prima falou q havia encontrado o augusto e prendeu ele conversado sobre a nossa briga, e falou q ele estava me esperando no quarto, fui pra la, logo q cheguei ele ja me pediu desculpas, falou q me amava muito e q estava sendo um babaca, eu falei q tudo bem, ele me agarrou e me jogou na cama, então ele percebeu q eu estava sem calcinha, ai eu tranquei a portado quarto e deitei na cama com ele e comecei a contar tudo q eu havia feito detalhe por detalhe, só num contei quem era, e acariciando o pau dele q parecia uma estaca d madeira, d tao duro q tava, porem nao transamos, e ele estava achando q era mentira, e gozou, ai nos tomamos banho e nos arrumamos para uma festa q iria ter no clube nakela noite, e o na hora da festa o bruno apareceu la no quarto como se estivese com a minha prima, e fomos nos 4 para o salão, ficamos conversando na mesa, até q o bruno e a minha prima levantaram, e sumiram, o meu noivo disse q iria ao quarto e ja voltava pois estava com dor d barriga, e saiu, então eu fui atraz do bruno, quando cheguei em uma sala especifica para os casais namorarem, senti alguem me agarrando e me bjando, ja sabia que era o bruno, e fiquei ali encostada na parede com ele me dando um amaço, ao nosso redor pelo menos 4 pessoas me reconheceram e sabiam q eu era noiva do augusto, fomos rapidamente para um banheiro d exclusivo d funcionarios, nós trancamos la dentro ele rapidamente arriou a calsa dele e eu tirei a minha, ele tirou minha calcinha, me apoiou no vazo e meteu na minha buceta puxando o meu cabelo, quando ele ja estava perto d gozar eu ajoelhei e fiz um bkt nele, ele gozou tudo na minha boka e falou q queria q eu desse um bjo na boka do meu noivo e q ele queria ver, ficamos la dentro uns 30 minutos + ou -, quando saimos e passamos pelo salão um colega do augusto olhava sem saber c acreditava no q havia visto, dei um bjo no bruno e logo em seguida encontrei o meu noivo, q ja estava me procurando, e em seguida apareceu o bruno com a minha prima, e eu dei um gostoso bjo no augusto, o bruno ficou rindo, e ficamos la curtindo a festa, eu o tempo todo colada com o augusto, no final a minha prima perguntou se o bruno poderia ficar no quarto com agente, pois eles estavam ficando, eu falei q tudo bem, ao final da festa fomos os 4 para o quarto, o augusto ja havia pegado amizade com o bruno, e acho nós deitarmos meu noivo falou, acho q tua prima vai rodar e eu ri, ai d novo ele percebeu q eu estava sem calcinha, e me perguntou c eu num havia botado antes d ir pra festa, eu falei q havia dado d novo para o cara e q iria trancar a porta q dava acesso ao nosso dormitorio, para contar como havia sido, ai fui e mais uma vez fiquei apenas acariciando o pau do meu noivo e contando até ele gozar, após ele adormecer, msm eu sabendo dos riscos fui la e destranquei a porta do dormitorio e deixei a porta entre aberta, meu noivo, q tem um sonu mt pesado, havia virado pra parede, e nisso eu senti uma mão me agarrando, pensei num pode ser, então ele me bjou, ja veio suspendendo o meu vestido d seda e eu estava sem calcinha, deitou na cama ao meu lado e eu fiquei em cima dele apenas dando amaços, e morrendo d medo do augusto acorda, porem sabia q c ele acordaseele iria ver o sonho dele, o bruno saiu da cama e escreveu com uma caneta na parede augusto corno e voltou pro dormitorio dele e eu fui la e tranquei a porta d novo, num queria correr mais riscos, no domingo pela manha o bruno saiu cedo, pois os amigos dele iriam fazer as malas d manha, para sair antes do almoço, meu noivo leu akilo na parede e achou q eu q tivese feito, ficou doido d tesão me agarrou me bjando mais num passou disso, nakele fim d semana eu num transei com o augusto uma vez ,meu noivo foi na fechou a conta do quarto e foi pagar, nisso eu num resisti e fui no quarto do bruno, bati na porta dele, e me despedi dele com um delicioso bjo na boka na frente dos amigos dele, q ficaram pasmos, eu, meu noivo e minha prima fomos embora, uma semana depois eu e o augusto nos casamos, e na lua d mel, eu deixei ele com o pau bem duro e fiquei acariciando o pau dele e recontei toda a historia do q aconteceu(ele adora q faça isso), porem eu contei tudo e falei q era verdade, ele chorou muito, eu fiquei mt chatiada pois achava q ele iria gostar, e falei isso pra ele, ele me abraçou bem forte, pediu desculpas por ter a falado pra mim da fantasia dele e disse q me amava muito, e pediu pra mim num fazer mais akilo, e disso q akele clube q era um lugar q ele adorava, era um lugar q ele nunca mais iria voltar pois ele fez papel d corno, e todos ficaram sabendo, quando na verdade o q ele queria era ser corno discretamente, desde então nunca mais olhei pra outro homem, mais as historias acariciando ele, eu conto até hj, inclusive ele se goza todo só d ouvir eu contar as coisas q eu fiz nakele fim d semana

o meu marido Augusto quem digitou tudo o q eu contei, e fala para quem estiver lendo, q tenha muita certeza da sua fantasia antes d realizala, pois certas situações são mt complicadas

Nenhum comentário: