Comentários no Blog

Procure um conto que você mais se identificou e deixe nele um comentário falando o que quiser e fazendo o seu classificado ou propaganda para conseguir contatos.

Se preferir enviar um conto, remeta para maridodaisabela@gmail.com

domingo, 16 de novembro de 2008

Gozando na minha esposa

Após procurar um anúncio de casais que procuravam homens para relação sexual com ela em algumas revistas, um anúncio em particular na revista Private me chamou a atenção. O casal procurava homens que tivessem farta ejaculação para realizar uma fantasia da esposa. O que mais me chamou a atenção, era que eles procuravam duplas, trios ou grupos de homens para a fantasia. Como sou casado e não tenho tantos amigos confiáveis assim, eu resolvi escrever e pedir detalhes da fantasia. Anexo a minha carta, mandei uma foto e o tel de meu escritório. Achei que nunca teria resposta, pois a proposta era muito tentadora, e com certeza centenas de pessoas iriam escrever para o casal. Passado uma semana, recebi uma ligação na parte da tarde de um homem muito educado que se chamava Paulo, ele dizia ser o marido da Meire, o qual eu havia escrito a carta semana passada. Nem acreditei que eu já havia resposta do anuncio. Paulo me disse que Meire ficou muito encantada com minha aparência, pois ela adora jovens executivos (referente à foto que eu enviei) e que meu perfil se encaixava na fantasia dela. Após um longo tempo no tel, ele me contou que a fantasia dela era transar com parceiros que deveriam gozar dentro dela sem camisinha, disse que todos deveriam ter farta ejaculação para realizar a fantasia e disse que precisaria de meu exame de hiv, uma das exigências para que eu participasse da “festinha” com a mulher dele. Disse também que assim que eu fosse ao encontro deles, eles me mostrariam o exame dela. Marcamos o encontro para a semana seguinte em uma chácara em Cotia, Ele me disse que haveriam mais pessoas que ele selecionou e conversou muito antes de chamá-las. Que eu poderia ficar tranqüilo pois todos eram de ótimo nível social. A semana passou arrastada, na sexta, falei para minha esposa que haveria uma reunião do pessoal do escritório no sábado, perguntei à ela se ela queria ir (boa maneira de não deixar suspeitas) e ela disse que não pois odiava os meus amigos de trabalho. No sábado, cheguei na chácara as 20:00h conforme combinado. Haviam vários carros na entrada da chácara. Deduzi que a festa iria ser boa. Assim que eu cheguei, fui recepcionado por Paulo, que vestia um roupão e chinelos. Me levou até um quarto onde haviam vários roupões e chinelos iguais ao que ele usava, todos novos e na embalagem. Deduzi que ele comprara apenas para esta ocasião. Me deu um roupão e um par de chinelos, e antes dele me pedir, eu lhe mostrei o exame que eu tinha como doador de sangue e ele aceitou.Na mesma sala ele me mostrou o exame da esposa dele, e pude constatar que não havia nada para eu me preocupar. Ele me disse: PREPARE-SE PARA VER UMA CENA IMPRESSIONANTE! Quando eu cheguei no corredor do quarto dele, ouvi uns gemidos muito gostoso característico de uma mulher sendo devidamente fodida. Quando ele abriu a porta do quarto, meu queixo caiu, vi uma linda morena nua, de mais ou menos uns trinta anos, apenas de meia 7/8 branca e sandália de salto alto, de quatro, com os peitos grandes nus e muito bonitos balançando com um cara enorme atrás dela metendo a rola na buceta dela, com um cara na frente dela que dava a rola para ela chupar Enquanto uns sete caras batiam punheta em volta dela, a maioria estava vestidos com o roupão igual ao meu. Ela parou de chupar, olhou para nossa direção e com a cara mais safada do mundo falou: OBA, MAIS UM PRA METER COMIGO! Na hora eu fiquei de pau duro, e como se fosse um impulso involuntário, abri meu roupão e também comecei a bater uma punheta olhando as caras que ela fazia enquanto o rapaz fodia ela com muita força. Ela gritava e gemia com o pau do rapaz na boca. Às vezes ela pedia para ele diminuir os movimentos um pouco, e dava uma gozada muito gostosa no pau do cara. Quando terminava de gozar, pedia pro cara meter com força de novo. Nós fomos revezando nossas posições ao redor dela. Às vezes ela deitava e ficava com as pernas para o alto, às vezes ela se debruçava encima de grandes almofadas deixando aquela bunda enorme para o alto enquanto sempre havia um metendo o pau na buceta ou no cu dela que já estava bem lubrificado de vaselina enquanto às vezes tinha até dois caras dando a rola para ela chupar. Comi ela gostoso na posição do frango assado, tive a honra de ganhar uma gozada gostosa da buceta dela que se contraia em volta do meu pau enquanto ela gritava pro marido dela EU TO GOZANDO DE NOVO AHHHH! , VOCÊ É O MELHOR MARIDO DO MUNDO.... È A OITAVA GOZADA QUE EU TO DAANDOO ...EU TE AMO CARLOS MMMMMMM!!!!! Carlos ficava o tempo todo atento assistindo a tudo batendo punheta, constantemente ele dizia pra gente não gozar ainda, que era para esperar mais um pouco. Quando ela disse que não agüentava mais meter. O Carlos pediu para a gente se afastar um pouco e disse: PESSOAL, É O SEGUINTE, AGORA EU QUERO QUE UM POR UM DE VOCÊS VÁ ATÉ ELA E, DO JEITO QUE ELA ESTA, É PRA METER A ROLA E GOZAR DENTRO DA BUCETA DELA -disse ele- EU VOU FILMAR DA CINTURA DE VOCÊS PRA BAIXO, PODEM FICAR SOSEGADOS QUE A CARA DE NINGUEM VAI APARECER NO VIDEO, QUE ALIAS, É UM FILME PARTICULAR QUE NÃO INTERESSA A MIM QUE NINGUEM VEJA A NÃO SER MINHA ESPOSA E EU, E VOCÊS SE QUISEREM TAMBEM! TA TODO MUNDO DE ACORDO? Vendo aquela delicia de mulher de 4 querendo levar porra na buceta, foi impossível alguém discordar ou desistir. Enquanto ele ajeitava a camera atrás dela exatamente apontada para a buceta da Meire colocou estrategicamente uma toalha bem embaixo da buceta, com certeza para não sujar o lençol, um dos rapazes já havia colocado o pau pra ela ir chupando para prepara-lo para a gozada, quando o Carlos disse: É PRA METER NA BUCETA SÓ QUANDO ESTIVER PRA GOZAR. DÁ UMAS DEZ BOMBADAS E GOZA DENTRO DA BUCETA DELA, AI VAI O OUTRO E ASSIM POR DIANTE, TO COM POUCO FILME PRA FILMAR - disse ele parecendo um diretor de filme pornô -QUEM QUISER, PODE GOZAR NO CU DELA Com Carlos atento na camera, o primeiro cara se ajeitou atrás dela e meteu na buceta, deu umas mexidas e logo começou a gemer cada vez mais alto gozando dentro dela. Ela fazia umas caras de quem estava sentindo e adorando a rola ejacular dentro dela. Quando ele tirou o pau, um filete de porra escorreu e caiu na toalha. Carlos vibrou de alegria -È ISSO AI, ESTA PERFEITO. Logo em seguida, foi a vez daquele cara forte que estava comendo ela quando eu cheguei. Ele se ajeitou atrás dela, só que ele foi comer o cu dela. Ela gemia tão gostoso dando o cu, que uns dois rapazes tiveram que sair do quarto para não gozar antes da hora vendo a cena. O grandão enfiou a rola no cu dela, assim que ele começou a se movimentar dentro dela, ela começou a gritar dizendo que estava uma delicia, Ela virou para ele e disse: ME BEIJA QUE EU VOU GOZAR NO SEU PAU. Assim que ele a beijou de língua ela começou a gemer e a gozar no pau dele. Com a gozada que ela deu, o restante da porra do primeiro cara escorreu toda pra fora da buceta dela melando as coxas e a toalha. Quando o grandão tirou o pau, com ele saiu todo o esperma que havia ejaculado no cu dela. O marido dela só falava - “PERFEITO, PERFEITO”. E um após o outro, cada um teve a sua vez de gozar na buceta dela ou no cu, cada vez mais a cascata de porra escorria pelas pernas dela, ou pingava direto na toalha. Quando foi minha vez de come-la, a cada enfiada que eu dava, meu pau saia branco do esperma dos outros caras que a haviam comido, gozei gostoso na buceta dela também. Notei que cada cara que a comia, quando iam gozar, ela franzia a testa, fechava os olhos e mordia os lábios, curtindo a gozada que levava. Quando todos gozaram, ela se levantou para ir ao banheiro se lavar, no caminho ela foi deixando um rastro de porra que pingava de sua buceta por ela ter se levantado. O marido dela agradeceu a presença de todos e pediu que deixassem o end. para enviar a fita a quem quisesse. È claro que eu quis uma cópia e dei o end. do escritório. Quando tenho saudade, assisto a fita que ele me enviou. Hoje, ainda nos falamos para comentar sobre a “festa’’ e diz que um dia a festa rola de novo. Maridos que tem vontade de ver a esposa dando para outro homem, podem me enviar um e-mail que eu mandarei uma foto minha, e também posso explicar como, aonde e em quem confiar para realizar estas fantasias.

Nenhum comentário: