Comentários no Blog

Procure um conto que você mais se identificou e deixe nele um comentário falando o que quiser e fazendo o seu classificado ou propaganda para conseguir contatos.

Se preferir enviar um conto, remeta para maridodaisabela@gmail.com

sábado, 1 de novembro de 2008

Fantasias de Bia

By: casalrm


Compramos um apartamento em um prédio que ficava em frente ao mar e começamos a ir todos os finais de semana para olhar a reforma que estávamos fazendo e curtir o verão. A Bia como vocês já sabem adora usar roupinhas bem provocativas e os biquínis minúsculos que no seu corpo acabam valorizando ainda mais a sua beleza. Haviam quatro moleques por volta dos quinze anos que moravam no apartamento ao lado e ficavam jogando bola na praia quase todo tempo. No primeiro dia que a Bia chegou e tirou a canga, eles quase tiveram um troço e pararam imediatamente de jogar se sentando perto de nós. Ficávamos rindo e a Bia para provocar, ficava de quatro na direção deles para ajeitar a canga na areia. Eles ficavam os quatro sentados, olhando sem piscar e apertando os paus. Quando voltávamos para casa eram os operários que pareciam lobos famintos olhando o corpo da Bia que fazia questão de desfilar pela casa só com seus minúsculos biquínis. Nos divertíamos muito com esse exibicionismo dela, mas como eu estava sempre presente, nenhum deles se atreviam a fazer nada. Como o apartamento era térreo e tinha uma boa área externa, resolvi aumentar o nosso quarto com a varanda. Para isso foi preciso quebra algumas paredes e uma parte foi a do nosso banheiro que ficou com um enorme buraco. Por isso sempre usávamos o banheiro social. Um dia o encanamento deste banheiro entupiu e tivemos que usar o outro. Tínhamos chegado da praia e a Bia como sempre estava de biquíni, quando me avisou em voz alta que iria tomar banho. Eu estava assistindo um documentário na TV e não dei muita bola. Notei que o barulho da obra havia parado e me levantei para ver o que estava acontecendo. Procurei pelos operários e não tinha visto nenhum. Quando rodei pela lateral do prédio, vi os três olhando pelo buraco a Bia tomar banho. Pensei em dar a maior bronca, mas fiquei parado olhando para eles que ficavam apertando os paus e olhando até que um deles tirou o pau e começou a bater uma punheta. Logo outro fez o mesmo. Eu voltei, entrei em casa e fui ao banheiro. A Bia estava toda ensaboada e com a cortina do banheiro aberta. Fiz de conta que não via os caras e fui até ela e falei bem baixinho. Você sabia que os operários da obra estão se matando na punheta vendo você tomar banho. Bia deu risada e falou que viu na hora que eles chegaram no buraco e por isso abriu a cortina. Sua putinha, você adora dar um show, não é? Bia me puxou para o chuveiro e disse. Então vamos aumentar o show. Baixou a minha sunga e segurou meu pau que já estava duro, pela situação. Começou a chupá-lo e depois se levantou apoiando na parede e pediu para eu enfiar, o que eu fiz o mais rápido possível. Fiquei comendo ela por trás e a Bia gritava. Vai meu macho, lasca minha buceta, enfia essa pica toda, me come gostoso. Fiquei metendo na Bia até que não agüentei gozando. Bia então me abaixou se virou de frente e mandou que eu chupasse a buceta dela. Chupa essa buceta toda gozada vai. Comecei a chupar e ela começou a gozar gritando. Quando terminamos tomamos um banho juntos e a Bia então saiu do Box e foi se enxugar bem perto do buraco. Ela praticamente se encostou na parede e se abaixava para enxugar os pés colocando sua buceta toda aberta a poucos centímetros os operários. Quando saímos do banheiro os operários já estavam sentados na varanda. Se despediram com um sorriso no rosto e foram embora. Rimos bastante e a noite foi de puro sexo. No outro dia quando acordamos, eles já haviam voltado e a Bia desfilando em casa com um babydool transparente e uma calcinha fio dental. Os caras ficaram malucos. Então fomos a praia e no retorno, a Bia foi fazer o show dela. Novamente os caras foram ver, mas como eu estava na cozinha eles se revezavam olhando enquanto um ficava para ver onde eu estava. Assim se seguiram os outros finais de semana com eles olhando a Bia e um dia quando eu fui ver os caras olhando a Bia, vi que alem dos três, os quatro garotos haviam se juntado a eles.e todos estavam batendo punheta. Voltei para dentro e quando a Bia saiu do banheiro eu falei para ela. A Bia ficou toda excitada e disse que queria os ver olhando para ela. Como? Eu perguntei. Só se você os deixar entrar. Ela me disse. Você vai filmá-los olhando para mim. Preparei a minha câmera e no outro dia eu filmei de longe, mas com o zoom eu peguei as expressões de cada um e os paus até eles gozarem. Quando a Bia viu o filme ficou louca e me agarrou para uma hora de sexo ininterruptamente. Com o tempo as obras caminharam, apesar de tudo e já estavam acabando. Bia então me chamou e disse. Fala para eles que você vai ter que ir a cidade e que eu vou ficar dormindo, pois tomei um remédio muito forte. Eu saquei logo o plano dela e falei com os operários. Ola eu vou à cidade e a Dona Bia está dormindo, mas vocês podem continuar com a obra, pois ela toma um remédio que é extremamente forte e não acorda de maneira nenhuma. Eles se olharam entre si e falaram. Pode ir doutor que nos vamos fazer tudo em silencio. Peguei meu carro, sai , deixei estacionado na outra rua e voltei correndo para casa. Entrei sem ser visto, preparei a maquina de filmar apontada para cama e fiquei dentro do armário. Bia ficou deitada na cama, inteiramente nua e coberta apenas por um fino lençol. Esperamos uma meia hora e eu já estava quase desistindo, quando vi um vulto na porta do quarto. Era um dos operários que estava olhando do corredor. Liguei a filmadora com o controle e esperei. Mais alguns minutos e um entrou no quarto com os outros dois esperando na porta. Foi pé ante pé até a cama e puxou bem de leve a coberta, descobrindo as costas da Bia, que fingia dormir profundamente. Ele esperou um pouco para ver se ela tinha alguma reação e como não houve ele puxou mais ainda descobrindo a bunda dela. Nisso os outros dois entraram no quarto e ficaram olhando a bunda e a buceta da Bia entreaberta. Que putinha safada e gostosa é essa, falou um deles que foi repreendido pelos outros com medo de ela acordar. O Doutor falou que ela não acorda de jeito nenhum. Então o que estava mais perto tocou de leve na bunda dela. Bia parecia que estava totalmente sedada. Então ele abaixou e ficou cheirando a bunda dela, até que em um descuido ele se desequilibrou e caiu em cima da bunda. Bia não se mexeu e todos já haviam começado a correr, voltaram. Não disse, ele falou. Essa ai não acorda não e foi passando de leve a mão na bunda dela. Os dois então se aproximaram e começaram a passara a mão na bunda dela. Bia não se movia. Então um deles começou a pegar na buceta dela e foi enfiando um dedo. Que mulher é essa tem uma buceta quentinha. Quando ele tirou o dedo o outro enfiou e disse. Quentinha, ta é pegando fogo aqui. Os três já estavam com os paus para fora, se punhetando. Então um falou. Vamos virar ela de frente. Os dois ficaram meio receosos, mas acabara concordando e juntaram as pernas dela e a viraram. Que peitos lindos e essa buceta toda raspada. Então um abaixou e lambeu um seio dela. Depois não agüentou e começou a chupar. A respiração da Bia mudou e logo um abaixou e começou a chupar a buceta dela enquanto outro chupava seus seios e outro olhava. Bia começou a gemer e todos pararam. Mas ela não acordou e eles voltaram a fazer. Bia novamente começou a gemer e um deles falou. Essa puta ta é gostando, capaz até de estar sonhando com uma pica. Todos riram e continuaram. Então um começou a passar a pica no rosto dela, até chegar aos lábios. Foi forçando e Bia ajudou abrindo um pouco e começou a chupar como se estivesse mamando. Olha aqui a putinha está mesmo sonhando com um cassete, olha só como ela chupa. O que estava chupando ela enfiou os dedos na buceta e vendo que não tinha reação, virou a Bia novamente, se deitou ao lado dela e colocou o pau na entrada da buceta. Foi enfiando bem devagar e quando outro viu falou. Voce ta maluco se pegarem a gente vamos presos pelo resto da vida. O que enfiou não respondeu nada e foi enfiando até o fim. Depois começou a bombar bem lentamente. A Bia começou a mexer os quadris, com os olhos fechados como se estivesse sonhando. A puta ta gostando, Aposto que esse é o sonho mais real que ela já teve. Será que ela goza sonhando, um perguntou. Claro não é seu imbecil,você nunca gozou?. È mesmo então vai, enfia nesta puta que eu também vou comer ela até gozar. O que estava metendo começou a gozar dentro dela e sem camisinha. Não tinha como nos fazermos nada aquela altura e o jeito era deixar rolar. Quando ele saiu da buceta da Bia o outro foi logo deitando e enfiando nela. Começou a bombar mais forte e ai a Bia também começou a gozar gemendo. Abocanhou com maios força o pau do outro e começou a chupar a pica toda. Essa mulher ta dormindo mesmo, pois parece que está acordada. É assim mesmo o outro respondeu, ela não acorda por causa do remédio, mas faz tudo como se tivesse acordada. Então o que estava com o pau na boca, começou a gozar, enchendo a boca da Bia de esperma. O que estava comendo ela falou. Vou meter é nesta bunda que eu fiquei vendo e desejando todos esses dias. Então tirou o pau da buceta e foi enfiando na bunda, como estava melado, facilitou a entrada e depois a Bia adora sexo anal e seu cuzinho já está bastante acostumado. Ele enterrou o pau até o fim e ficou tirando e botando. Nesta hora a Bia não agüentou e começou a gozar forte. Toda se tremendo e abriu os olhos. Os três pararam assustados por ela ter acordado, mas a Bia gritou não para não enfia essa pica na minha bunda seu sacana. Ele então começou a enfiar forte até gozar na bundinha dela. Bia ficou atolada naquela pica até ele tirar. Todos estavam sem saber o que fazer e a Bia então tomou a iniciativa. Quer dizer que vocês vieram se aproveitar de mim enquanto eu dormia. Os três começaram a falar juntos, mas a Bia falou. Quietos todo mundo. Sabe que eu podia dar queixa de vocês que seriam presos como estupradores. Mas não vou fazer isso não. Voces não vão dizer nenhuma palavra disso a ninguém para meu marido não descobrir. Se eu escutar alguma conversa sobre isso, ponho os três na cadeia. Certo? Eles balançaram a cabeça afirmativamente. Agora vamos continuar comigo acordada. Tirem a roupa e venha para cama que eu vou dar pra vocês como se deve. Os três então tiraram as roupas e sentaram na cama. Bia então mandou que um chupasse sua buceta e o outro seus seios enquanto ela chupava o terceiro. Quando esse ficou de pau duro ela o colocou deitado na cama e sentou na pica dele, chamou o outro o começou a chupá-lo. O terceiro ficava alisando os seios dela até que o que ela chupava ficou de pau duro e ela o mandou enfiar na bunda dela. Ele foi enfiando a pica no cuzinho, com a outra da buceta. Ela então ficou chupando o terceiro. Eram três picas de vez como a Bia adora. Ela então começou a goza de novo, gritando. Mete seus sacanas enfia essas picas em mim que eu sou uma puta mesmo. O que estava na buceta gozou e logo após o que estava no cuzinho dela. Então ela ficou chupando e punhetando o terceiro até ele gozar e ela beber a porra dele toda. Depois se levantou, mandou os três saírem e foi nua para o banheiro tomar banho. Eu aproveitei para sair do armário e sai da casa escondido, peguei o carro, dei um tempo e voltei. Quando cheguei encontrei os três trabalhando e perguntei. Foi tudo bem por aqui? Foi doutor, maravilha, tudo certinho. Subi então para encontrar com a Bia. Ela estava na cama me esperando e quando eu entrei, ela me chamou e transamos maravilhosamente. Durante mais uns dias em que a obra continuou, ainda dei um jeito de fazer que saia algumas vezes para a Bia se divertir com os peões. Claro que tudo isso foi gravado para assistirmos depois. Só que o CD acabou caindo nas mãos dos moleques que começou a nos chantagear, para comer a Bia também, mas isso já é uma outra história.

Nenhum comentário: