Comentários no Blog

Procure um conto que você mais se identificou e deixe nele um comentário falando o que quiser e fazendo o seu classificado ou propaganda para conseguir contatos.

Se preferir enviar um conto, remeta para maridodaisabela@gmail.com

sábado, 1 de novembro de 2008

ESTOU GOSTANDO DE SER CORNO

By: andre.lino


Estou enviando este conto para compartilhar com vocês a minha alegria de ter virado um corno. Com 25 anos, casei com Gabriela de 20 aninhos. Gabi era o tipo da menina (virgem) que muitos cobiçavam: morena clara; cabelos negros e longos; bunda perfeita (volumosa e empinada); seios de médios para grande (redondos, duros e apetitosos). Durante os dois anos de namoro, foi um sufoco tremendo pra poder convencê-la em deixar tirar a sua virgindade. Mesmo depois da nossa primeira trepada, Gabi sempre foi muito comedida em relação ao sexo. Mas depois de casados, Gabi foi se transformando numa ninfomaníaca, queria sexo todos os dias e a qualquer hora. Não era eu que trepava em Gabi, era ela que me fodia. Quando eu não já aquentava mais, passou a mamar na minha piroca como uma puta qualquer só pra ter ele duro novamente. Mesmo depois de três anos de casados, ela continuava com o mesmo fogo que tinha no início... Eu já não estava dando conta do recado. Eu tinha um bom emprego numa firma multinacional, e foi no clube pertencente a firma que comecei a perceber que muitos homens devoravam minha esposa com os olhos; inclusive meus amigos... Ela vestia biquinis sumários que fazia exalar sexualidade por todo seu corpo. Tinha um amigo que trabalhava comigo: Carlão (diziam que tinha família rica); 30 anos, cheguei a notar que ele ficava impaciente quando Gabi ficava muito perto dele. Um dia achei até que ele foi pro banheiro do clube por ter ficado excitado por causa de Gabi e acabei imaginando ele tocando uma punheta em homenagem à minha deliciosa esposa. Mas foi na sauna masculina quando estava somente nos dois, que fui notar toda a virilidade do Carlão. Carlão era um cara alto, corpo musculoso; além de ser muito simpático e discreto. Quando ele tirou a toalha que lhe enrolava a cintura, deixou-me à mostra sua rola grande e roliça... Mole devia ter uns 15 cms. Naquela mesma noite sonhei com Carlão comendo a minha mulher... Acordei muito excitado que tive que acordar Gabi e dar-lhe uma bela trepada. Em outra oportunidade em que ficamos novamente sozinhos na sauna num papo entre trabalho, futebol e mulheres, por eu ter perguntado sobre sua vida amorosa, Carlão disse que tinha terminado um noivado fazia poucos meses pelo motivo deles morarem longe um do outro e acabou dizendo que achava que eu e Gabi formávamos um belo casal. Aos poucos fui me abrindo com Carlão e acabei dizendo sobre o apetite sexual de Gabi, contando como estava sendo difícil pra mim sacia-la sexualmente. Quando percebi que Carlão estava ficando excitado, perguntei: EH CARA! A GENTE AQUI FALANDO DA MINHA ESPOSA E VOCÊ FICANDO DE PAU DURO?... Carlão tentou despistar cobrindo-se com uma toalha, respondendo: DESCULPE-ME! É QUE ESTOU A TANTO TEMPO SEM DAR UMA TREPADA, QUE SÓ DE OUVIR FALAR EM SEXO, FICO ASSIM... Eu insisti: FALA A VERDADE CARLÃO, O QUE VOCÊ ACHA DA GABI??... Ele disse que não era somente ele, mas muitos na empresa ficavam babando com a beleza de Gabi, mas que ele por nossa amizade a respeitava muito. Sem muito rodeio, continuei a perguntar: VOCÊ JÁ SE MASTURBOU PENSANDO NELA??... Carlão disse que era uma pergunta tão besta que ele não ia nem responder. Insisti e ele falou: QUER SABER CARA! EU JÁ MASTURBEI SIM E JÁ ATÉ SONHEI COM SUA ESPOSA. E TE GARANTO QUE NÃO SÓ EU, MAS MUITOS NA FIRMA TREPAM COM SUAS MULHERES PENSANDO ESTAR TREPANDO COM A SUA!... Como vi que Carlão ficou nervoso, falei: FIQUE TRANQUILO CARLÃO! EU NÃO TENHO CIÚMES DE GABI E ATÉ FICO LISONJEADO POR SABER QUE ELA SEJA TÃO DESEJADA!... A amizade entre eu, Carlão e Gabi foi se tornando mais profunda que ele passou a freqüentar minha casa. Mas apesar dele ficar mais à vontade com Gabi, nunca percebi nenhuma segunda intenção entre os dois. Quando Gabi começou a pedir constantemente que convidasse Carlão pra jantar lá em casa, resolvi contar pra ela sobre a conversa que tive com ele lá na sauna. Gabi fingiu ficar aborrecida, mas no fundo notei que ela ficou toda assanhada por saber que um homem sonhava e se masturbava por sua causa. Carlão um dia comentou que gostava muito de ir pra fazenda do seu pai e tomar banho em um lago que mais parecia um paraíso, disse que o lago era de difícil acesso e que normalmente ia sozinho. Gabi logo perguntou se ele tomava banho pelado, Carlão respondeu: LÁ EU POSSO FICAR DO JEITO QUE QUISER, NÃO TEM NINGUEM PRA TIRAR A MINHA PAZ!... Gabi disse que gostaria muito de conhecer um lugar igual aquele. No carnaval, Carlão nos convidou e fomos pra fazenda. A fazenda era tão grande; que no dia seguinte da nossa chegada, mesmo a cavalo demoramos meia hora pra chegarmos ao tal lago. O lago era realmente fascinante... Gabi logo tirou a roupa ficando de biquíni... Era um biquíni tão minúsculo que parecia ter sido feito somente de tiras: duas tiras que cobriam somente os bicos dos seios, uma tira que sumia em seu rego e um triangulo tão pequeno na frente que só dava pra cobrir sua xoxota depiladinha. Ela logo entrou na água e eu e Carlão ficamos de sunga e fomos lhe fazer companhia. Gabi era somente felicidade, parecia uma adolescente pulando e debatendo-se dentro do lago. Quando saímos da água, Gabi fez o comentário de que aquele lugar realmente era um paraíso e que se ela pudesse ficava nua. Logo falei: COM ESSE BIQUINI OU PELADA NÃO VAI FAZER MUITA DIFERENÇA!... Gabi fingindo não ter gostado do comentário: SE O CARLÃO NÃO ESTIVESSE AQUI, EU FICARIA PELADA MESMO!... Falei: POR MIM VOCÊ PODE FICAR NUA A HORA QUE QUISER! E APOSTO QUE O CARLÃO TAMBÉM NÃO VAI SE IMPORTAR!... Ela respondeu: AH É!... Gabi tirou a parte de cima e sem nenhum pudor abaixou perto de nos dois e tirou a parte de baixo, caminhando nuazinha pra água novamente. Olhei pra cara do Carlão sorrindo satisfeito pela atitude da minha esposinha que estava me deixando excitadíssimo. Carlão também estava excitado como demonstrava o volume na sua sunga, mas meio sem graça falou: PUTA QUE PARIU! ACHO QUE VOU É DAR VEJAME FICANDO AQUI!... Pra aliviar a tensão que pairava no ar, tirei minha sunga e incentivei Carlão a tirar a sua: PODE TIRAR SUA SUNGA TAMBÉM CARLÃO! SE A GABI PODE FICAR PELADA, NOS TAMBÉM PODEMOS! E NÃO ESQUENTA A CABEÇA COMIGO, ACHO QUE ELA VAI É GOSTAR DE NOS VER PELADOS!... Dito e feito, quando Gabi nos viu pelados e com as pirocas duras, logo saiu perguntando: QUE ISSO? VIROU CAMPO DE NUDISMO?... Pedi pra ela chegar mais perto e dando-lhe um abraço comecei a beijar-lhe a boca e com a mão fiquei apalpando um dos seus peitos, pra depois sussurrar no seu ouvido: EU SEI QUE VOCÊ TÁ EXCITADA! QUE TAL DEIXAR O CARLÃO NOS VER DANDO UMA TREPADA?... Ela também falando baixo no meu ouvido: COITADINHO DO CARLÃO, ELE VAI FICAR SÓ NOS OLHANDO?... Continuando falando baixo: SE VOCÊ QUISER QUE ELE PARTICIPE, PODE CHAMAR!... Gabi segurou firme meu pau: ENTÃO VEM MEU GOSTOSÃO!... Gabi ficou de quatro sobre a relva e eu por trás soquei a pica em sua buceta... Quando comecei a bombar, Gabi olhando pro Carlão: VEM CARLÃO, VEM ATÉ AQUI!... Autorizei: PODE VIR CARTÃO! DEIXA ESSA SAFADA FAZER O QUE QUISER!... A mando de Gabi, Carlão ajoelhou na sua frente e ela segurando sua enorme caceta colocou-a na boca e começou a mamar, enquanto eu sentindo um prazer enorme de vê-la chupando o pau de outro homem ia socando mais e mais em sua buceta. Eu gozei e ela ainda continuava sugando a pica de Carlão, quando pediu: VEM CARLÃO! AGORA É A SUA VEZ DE COMER A MINHA BUCETA!... Carlão saiu da sua frente e indo por trás segurou suas ancas, bem de perto fiquei olhando aquela tora ir entrando dentro da xoxota da minha mulher que acusou a grossura: UUUUIIII, COMO É GROOOOOOSSA! QUE DELIIIIIICIIIIIA! METE CARLÃO! MAIS! MAIS! OOOHHH! OOOHHH!... Eu estava adorando ver minha mulher sendo seviciada por outro que logo fui ficando com o pau duro novamente... Fui pra frente de Gabi e enquanto Carlão socava a piroca eu ficava batendo uma punheta bem perto do seu rosto, ela me olhando gritava: TO GOZANDO MEU BEM! TO GOZAAAAANDO! HUMMM! HUMMM! AAAHHH! AAAHHHH!... Carlão tirou a pica de dentro e começou a gozar sobre a bunda de Gabi... Aquela visão me deu tanto prazer que acabei esporrando e lambuzando a cara da minha mulherzinha safada que lambia a porra que escorria perto dos seus lábios. Ficamos os três deitados na grama e Carlão disse que gostou de saber que éramos tão liberais e mais ainda quando eu disse que aquela tinha sido a primeira vez que tinha visto a minha mulher trepando com outro homem. Meia hora depois, de dentro do lago vi quando Gabi deitada ao lado de Carlão (não ouvia o que conversavam) começou a alisar a vara dele que foi endurecendo e crescendo... Gabi subiu sobre o corpo de Carlão e foi descendo lentamente fazendo sua buceta engolir o caralho só deixando o saco pro lado de fora. Fiquei satisfeito que a putinha da minha mulher ia me proporcional cenas bem calientes e cheguei bem perto vendo pra ver sua xoxota subir e descer freneticamente cavalgando aquele tronco... Gabi parou sentada na pica de Carlão tremendo todo o corpo, tendo seu prazeroso orgasmo e deixando que ele gozasse dentro dela. Quando ela saiu de cima e vendo escorrendo aquele monte de porra de sua buceta, mandei-a ficar de quatro e meti a vara em sua buceta já encharcada de porra... Depois que gozei, a xoxota de Gabi parecia uma cachoeira liberando uma quantidade enorme de esperma. Três dias do carnaval fomos para o lago onde Carlão já beijava minha mulher na boca, chupava seus peitos, metia e gozava na sua buceta... Aquilo tudo me dava tanto prazer que logo era eu que transava com ela sob o olhar de Carlão. Mas foi no último dia que, após ouvir de dentro do lago Gabi gemendo mais alto do que o normal, ao chegar perto vi Carlão socando a piroca no cú da minha mulher... A filha da puta nunca deixou penetra-la por trás. Apesar do rosto contraído a putinha rebolava como uma cachorra na vara de Carlão, toda satisfeita. Hoje, Carlão já até dorme lá em casa com Gabi na nossa cama... Só faço questão de assistir de vez em quando os dois transando. Sou um corno feliz....
E-mail= andre.lino@oi.com.brht

Nenhum comentário: