Comentários no Blog

Procure um conto que você mais se identificou e deixe nele um comentário falando o que quiser e fazendo o seu classificado ou propaganda para conseguir contatos.

Se preferir enviar um conto, remeta para maridodaisabela@gmail.com

sábado, 1 de novembro de 2008

Corno do MSN

Meu nome é Rafael, tenho 25 anos, sou moreno, tenho 1,75 78 kg, não sou muito atraente, mas dei sorte de ter uma mulher como Jaqueline, uma loira de 1,70 m, 62 kg, olhos azuis seios médios pra grandes e uma deliciosa bunda com marquinha de biquíni bem pequenininha. Bem, nos conhecemos no MSN e, alguns dias depois, marcamos encontro e começamos a namorar. Ela sempre gostou de usar roupas curtinhas e apertadas e gosta até hoje, shortinhos minúsculos, sainhas, sutiã meia taça e calcinhas minúsculas e enfiadas no bandão. Já no primeiro encontro, nós transamos e isso me deixou um pouco encucado, mas o tesão que ela me deu foi tão grande que esqueci de tudo isso. Namoramos uns 6 meses e logo casamos e fomos morar em um apartamento, onde ela levou suas coisas inclusive, seu computador. Num desses dias, eu estava mexendo em uns arquivos e abri uma pasta que tinha conversas gravadas do MSN e comecei a ler quando eu vi, tive uma surpresa. Peguei umas conversas da Jaqueline que são mais ou menos assim: Jaqueline diz: mas vc engravidou a aluna da auto escola... Mário diz: ...mas não é verdade, eu não sou o pai da criança...Jaqueline diz: ...no dia que nós transamos você não gozou em mim porque eu não deixei...mas sabe, to louca que vc encha a minha boceta com esse leite gostoso que vc tem... ai eu li mais uma conversa com outro homem e ela diz que nossa como foi delicioso vc ter me fodido naquela festa... to com seu leitinho dentro de mim até hoje... Depois ainda peguei o pior...ela tinha marcado encontro com mais um homem, um tal de Gomes e a conversa era assim: Jaqueline diz: nossa to louca pra sentir esse pauzão enorme no meu cu... ele tá piscando agora de tesão... Gomes diz: quero deixar ele todo arrombado pro seu marido chifrudo ver... Jaqueline diz: ...esse nem percebe, pois sexta passada ele chupou minha boceta que tava cheia de porra que vc deixou lá dentro e ele nem percebeu... Isso me deixou furioso, mas um tesão subiu pelo meu corpo me deixando de pau duro. Não sei o que estava acontecendo... ai no dia marcado,ela saiu de casa e disse que tinha que fazer uns trabalhos na casa de uma amiga... quando deu umas 11 da noite, ela apareceu, com as pernas escorrendo e disse que ia tomar um banho. Fui no cesto de roupas e cheirei a calcinha dela, lambi e vi que era porra. A vagabunda além de me trair, faz com todo o mundo sem camisinha... nisso, eu decidi por um fim nessa historia toda e disse pra Jaqueline que iria viajar e ficar o mês todo fora, a trabalho. Mas ao invés disso, eu fiquei num hotel e antes de ela chegar, eu vi o MSN dela e tinha lá:Jaqueline diz: que horas que vocês chegam? Gomes diz: às dez, tá bom? Jaqueline diz: ...sim tá ótimo, mas eles são pauzudos como voce? gomes diz: ...sim... e ela nesse dia, tomou um longo banho e colocou uma camiseta e uma minúscula calcinha vermelha atoladíssima no cu e escuto tocar a companhia. Era o zelador que logo foi agarrando ela e enfiando os dedos na boceta dela por cima da calcinha e a vadiagem ia bem alto e disse pra ele comer ela logo que ela tinha que sair. Ela ficou de quatro no sofá, puxou a calcinha de lado e ele mandou ver na boceta da vadia ...ela gemia, se contorcendo de tesão até que o zelador não agüentou mais e gozou dentro dela. E ele saiu rápido, pois ela mandou ele logo embora. Ela foi até o quarto e voltou com uma sainha curtissima que mostrava as poupas do bundão dela, uma blusinha decotada e logo tocou a campanhinha. Era o Gomes com mais 3 caras. Eles se apresentaram e logo já tiraram as picas pra fora e Jaqueline se abaixou feito uma puta e começou a chupar aquelas picas, uma a uma...chupou, mamou até eles colocarem ela de quatro e meterem nela na boceta e no cu, arrancando gemidos e orgasmos da vagabunda até que eles gozaram dentro dela, enchendo ela de porra. Se passaram alguns dias e eu liguei avisando que iria voltar no dia seguinte. Passou esse dia e eu mais uma vez eu li o MSN dela e vi que ela tinha marcado encontro num bar numa cidade mais afastada. Chegou a noite e ela pegou o carro e saiu... eu segui ela e na cidadezinha ela parou num boteco de madeira, sujo e lá ela desceu com uma microssaia branca quase transparente mostrando a calcinha preta atoladíssima no cu, uma blusinha decotada com um sutiã preto que mostrava os peitões da vagabunda. E entrou nesse boteco e lá estava o Gomes com mais 11 caras, todos sujos e mal encarados e ela logo deu um beijo na boca do Gomes e subiu na mesa de quatro mostrando a boceta e o cu, pois a calcinha era tão minúscula que não tampava o buraco do cuzão dela e ficava apertadíssima na boceta e os caras logo meteram a língua na boceta dela e ela implorou por uma pica e logo um negão arrancou uma jeba de 23 cm e meteu de uma vez só na boceta dela,enquanto mamava nos outros caras. Uns gozaram na boca dela, mas eles comeram primeiro o cu dela e a vadia agüentou um sujeito que tinha uns 23x7 de vara e todos gozaram dentro do cuzão da vadia. E ela queria mais... disse pra todo mundo... venham... me fodam logo a minha boceta que meu marido corno vai chegar em casa e quero dar pra ele chupar tudinho a porra que vocês depositarem dentro dela... isso soou como um desafio e logo, um a um, meteram nela e todos gozaram uma cachoeira dentro dela. A vadia só arrumou a calcinha na boceta e saiu logo dali e foi para casa mas eu cheguei antes dela e quando ela me abriu a porta e me viu ficou surpresa e me disse, ja chegou meu bem? e me agarrou e começou a se esfregar em mim e levei ela pra cama e levantei a sainha dela e logo meti a língua no umbigo dela e desci até a boceta dela que ao primeiro toque saiu uma enorme quantidade de porra, que eu chupei tudinho mas na hora me meter, o telefone tocou e pelo toque, eu sabia que era meu patrão. Atendi era urgente e tive que sair as pressas só que dessa vez eu viajei de verdade e fiquei 20 dias fora. Voltei e duas semanas depois eu abri o MSN e vi a conversa que quase eu cai duro; Jaqueline diz:...Gomes to encrencada... eu to grávida e não sei quem e o pai... e agora? Gomes diz: mas vc não estava tomando remédio? Jaqueline diz: ...não... Gomes diz: ah ele nem vai perceber que o filho não e dele e vai assumir como se fosse dele... ele é chifrudo mesmo... depois de eu descobrir essa, quase matei a Jaqueline mas me mantive firme. O tempo passou e ela teve a criança e para a surpresa dela e de todos, nasceu um mulatinho até que bonitinho. Ela não sabia onde enfiar a cara, pois ela e loira, eu sou de pele clara e nasce um marronzinho... só sei que quando os médicos deram alta pra ela, eu fui buscar mas a surpresa veio... ela foi embora um dia antes e deixou uma carta com a amiga dela e dizia assim... eu não sou mulher pra vc, pois eu sou uma vagabunda e gosto mesmo é de foder com tudo que e macho... esse filho não é seu e por isso, eu vou assumir as conseqüências dos meus atos sozinha... seja feliz... isso me deixou muito chateado. Até fui atrás dela mas, não a encontrei. Mas procuro uma outra mulher que seja como a Jaqueline, vadia, puta que goste muito de ser. Se alguma ler esse conto e se interessar por mim, me escreva!!!
E-mail= feramaxx@omeu.com.br

Nenhum comentário: