Comentários no Blog

Procure um conto que você mais se identificou e deixe nele um comentário falando o que quiser e fazendo o seu classificado ou propaganda para conseguir contatos.

Se preferir enviar um conto, remeta para maridodaisabela@gmail.com

sábado, 1 de novembro de 2008

Bebi demais e virei corno na praia

Este história que vou contar, aconteceu em janeiro de 2005, quando eu (Jorge) e minha esposa (Andréia),(na época era namorada) estávamos passando uns dias na minha casa da praia. Alem de nos dois, estavam na casa mais 2 casais de amigos. Tudo começou quando eu e Andréia saímos na sexta à noite para visitar alguns amigos que estavam numa praia próxima da nossa. Chegamos começamos a conversar e a beber um pouco. meus amigos fizeram algumas misturas nas bebidas que acabaram ficando meio forte, mais como não estava sentindo o álcool, nem percebi. Chegando lá pelas 21:00 comecei a não me sentir muito bem. Fomos para a casa e lá passei mal. Os dois casais que estavam na casa estavam se arrumando para sair, iriam até uma praia próxima para se divertir um pouco. Como em meu estomago não parava nada e estava com colicas por causa da bebida resolvi não ir, por estragaria a noite deles. Andréia quis ficar comigo mais insisti para ir com eles. Depois de relutar um pouco ela aceitou ir, mais disse q não demoraria muito. Andréia na época com 20 anos, 1,60, 45 kilos, pele branquinha, cabelos pretos longos, 87 de busto, 62 de cinturinha e 96 de quadril, chamava muita atenção por onde passava. Ela vestiu uma blusinha branca de alsinha sem sutiã, pois ela quase não usa, e sugeri para que ela colocasse uma mini saia que eu achava linda, e ela colocou, por cima daquela calcinha branca, pequenininha. Então eles saíram, eram mais ou menos umas 22:30. De carro, a praia aonde iriam fica uns 15 mim. Como não estava bem, acabei dormindo, mais acordei com um barulho de vozes e um carro saindo da frente da minha casa. Olhei no relógio eram 03:00 da manhã. Ouvi o barulho da porta abrindo e fechando e logo Andréia estava no quarto. Ela perguntou como eu estava e disse que tinha voltado pra casa pra me ver, e que estava cansada e que iría dormir. Deitou-se como estava no meu lado e já dormiu. Pude sentir o cheiro de álcool na sua boca depois que ela simplesmente apagou. Para ela ficar mais confortável, tirei a sandália dela dos pés, e em seguida sua blusa, foi então que percebi q o bico dos seios dela estava meio estranho, estavam pra fora e bem avermelhados. Resolvi também tirar a sua saia, pois sei que ela gosta de dormir só de calcinha, tirei e foi então que tive uma surpresa. A calcinha de Andréia estava toda úmida, molhada praticamente. A principio pensei que fosse suor, por ela ter dançado ou algo assim, mais resolvi cheirar para confirmar.. Era um cheiro de puro esperma, tirei a calcinha de lado e vi que realmente sua bucetinha tinha sido comida, estava escorrendo de dentro. Aquela noite quase não dormi, pois um misto de Raiva e tesão me tomavam. Lá pelas 5:00 os dois casais de amigos chegaram e foram dormir. Eu levantei cedo, lá pelas 08:00 e como já me sentia melhor arrumei a a casa e comecei o almoço. quando era 12:00 Andréia levantou e foi direto pro banho. Depois do banho fomos pra fora da casa, conversarmos, e perguntei como ela tinha vindo pra casa. Ela me disse que havia encontrado um ex-rolo dela, que tinha pedido uma carona pra ele. Eu fiz que estava com ciúmes e ela disse pra eu não ficar pois era eu que ela amava e tals...

Logo depois os casais levantaram e logo mais à tarde depois de conversarmos sobre a noite passada perguntei pra um deles se ele tinha visto a hora q ela tinha ido embora. Ele me disse que viu sim, e que era uma 01:30 mais ou menos. Eu não comentei nada com ele, mais fiz o calculo e ela deve ter ficado com ele um período de 1h e pouco, tempo suficiente para ela transar com ele. Ela nunca me disse nada, mais tive certeza que fui corno aquele dia.

Nenhum comentário: